23 junho 2017

Transposição do São Francisco

Retomada das obras é celebrada no Parlamento

A decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, pela retomada das obras da Transposição das águas do Rio São Francisco foi bem recebida pelos deputados estaduais cearenses. A ordem de serviço para o consórcio Emsa-Siton retomar as obras do Eixo Norte foi assinada pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e os trabalhos, parados há um ano, devem ser retomados imediatamente.

O deputado estadual Manoel Santana (PT) comemora e aponta que a solução do empecilho é fruto da união das forças do governador Camilo Santana (PT) com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB). Conforme noticiou ontem o Diário do Nordeste, após falência da empresa Mendes Júnior, em dezembro de 2016, o Ministério da Integração Nacional realizou nova licitação para a escolha da empresa que retomaria as obras, mas esta foi suspensa no fim de abril por decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que concedeu liminar à empresa que obteve a primeira colocação, que havia sido desclassificada por critério técnico. O Supremo derrubou a liminar.
Sérgio Aguiar (PDT) diz não querer acreditar que haja nova judicialização. "Não creio que ainda tenha alguma oportunidade de recurso, porque se trata de uma decisão do Supremo Tribunal, o que demonstra que é obra imprescindível para o Estado do Ceará", diz. "A situação está comprometida porque o Orós não pegou água e o Castanhão está com apenas 5%. Com tudo isso, temos dificuldade de garantir a segurança hídrica para o Estado do Ceará, principalmente na área produtiva", completa.
O deputado Julinho (PDT), por sua vez, afirma que, com a autorização da retomada das obras da Transposição, "agora, é correr contra o tempo". Ele também assegura que o Cinturão das Águas, no Ceará, está adiantado. "São vários lotes em fase de conclusão. Nos deixa tranquilos saber que, quando a água do São Francisco chegar ao Ceará, poderá ser transportada pelas regiões mais secas, chegando até a Região Metropolitana".
Retomada das obras é celebrada no Parlamento - Política - Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

MAIS LIDA

Postagens populares