Casal joinvilense abandona tudo para viagem de bicicleta

FONTE : Revista bicicleta
Casal joinvilense abandona tudo para viagem de bicicleta
Um casal de ciclistas de Joinville (SC) largou tudo pra uma viagem de bicicleta pela América Latina, mais precisamente até Ushuaia, conhecida como a cidade do fim do mundo. A expedição começa no mês de abril. O jornalista Jeferson Corrêa, 37 anos, e a musicista Marlize Carpes, 35, vão percorrer mais de 20 mil quilômetros durante o período de 365 dias. A viagem se tornou curiosa por que eles querem mudar o estilo de vida. Jeferson tinha um excelente salário na prefeitura de Joinville e Marlize se dedicava a ensina violão em aulas particulares. Com a aventura, eles vão passar a viver com cerca de R$ 200,00 por mês. O valor é distante dos quase R$ 7 mil mensais que tinham como renda.
A intenção do casal é viver de maneira mais simples, desapegada do que a maioria das pessoas considera necessário, como televisão, carro, uma cama confortável, etc. “Queremos voltar a acreditar na bondade do ser humano.  O nosso modo de vida nos tornou egoístas e nos deixou com medo de tudo devido a violência das grande cidades”, salienta Marlize Carpes. O ciclista Jeferson Corrêa afirma que pretende viver do que realmente necessário: “coragem de viver uma grande aventura todos os dias”. Toda a viagem vai ser relatada pelo Youtube e Facebook no canal Aventura de Casal com três vídeos por semana.
A despedida da família, amigos e simpatizantes do projeto, será dia 8 de abril, numa feijoada no Dr. Buteco, na rua João Colin, 1147, no bairro América. Será a partir das 12h com o valor de 29,90. Parte da renda será revertida para a viagem. O projeto  tem o apoio da Legun, Dr. Buteco, Alcatra Burger, Studio Alternativa Comunicação e loja Via de Fuga.com.
Detalhes da viagem de bicicleta
A trip do casal de ciclistas Jeferson Corrêa e Marlize Carpes vai sair de Joinville em direção ao sul. A intenção é seguir pelo litoral catarinense até a divisa com o Rio Grande do Sul. A continuação é pelo Uruguai, depois Argentina até chegar a cidade de Ushuaia, considerada a cidade mais ao sul mundo, conhecida até como a cidade do fim do mundo. Depois eles seguem pela Patagônia argentina e chilena, onde também pretende fazer trilhas a pé para explorar uma das regiões mais desabitadas do planeta. O pedal continua pelo deserto do Atacama no Chile (o deserto mais seco do mundo), segundo pela Bolívia, com destino especial ao salar Uyuni e terminando em Machu Pichu no Peru.
Quem deseja ajudar o projeto pode fazer por meio da plataforma digital APOIA.SE no endereço www.apoia.se/adc ou por meio da conta poupança Banco do Brasil, agência 0038-8, conta 22.964-4 em nome de Jeferson Luiz Corrêa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário