SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA : CONTRA A DEGUE,ZICA E A CHIKUNGUNIA



Como Funciona

 A larva do mosquito da dengue encontrou um inimigo definitivo. O milenar vinagre, produto de múltiplas aplicações, mais conhecido na culinária, mas cada vez mais usado como poderoso auxiliar no tratamento de saúde, é a mais nova e barata arma para combater a larva que origina o mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue. Presente em todos os lares brasileiros, o vinagre pode ajudar a erradicar de maneira rápida, segura e barata os causadores da dengue. Pesquisas científicas comprovaram a ação do ácido acético contido no vinagre, sobre as larvas do Aedes. A Associação Nacional das Indústrias de Vinagre (Anav) está em campanha  para conscientizar a população brasileira sobre a eficácia do uso do vinagre no combate ao mosquito da dengue.
CAMPANHA NACIONAL - A diretoria da Anav e seus associados têm desenvolvido uma ampla campanha de divulgação em todos os meios de comunicação do País, explicando a utilização do vinagre na eliminação da larva do mosquito da dengue.  Esse reforço resultou nesse site voltado exclusivamente para o tema.
A Anav entende que não existe uma única e definitiva solução para essa importante questão de saúde pública, que aflige milhões de brasileiros. O objetivo da entidade é somar esforços e apoiar as autoridades, em todas as esferas de governo, cooperando para a solução  desse problema de saúde pública.
Graças ao apoio da Imprensa  (Jornais, Revistas, Rádios, TVs e Internet) a informação sobre a utilização do vinagre tem chegado aos mais diferentes pontos de todo o Brasil. A divulgação também de blogs entre os internautas tem proporcionado uma multiplicação exponencial dessa informação.
No final de 2006, a nota técnica nº 109/2006 do Ministério da Saúde incorporou na rotina do Plano Nacional de Combate à Dengue, o vinagre como uma  metodologia alternativa no controle ao vetor da dengue.
EPIDEMIA - O período mais crítico de ocorrência da dengue vai de janeiro a maio, quando faz calor e há incidência de mais chuvas. Ainda não existe vacina contra a dengue e a melhor forma de combater a doença é a prevenção, eliminando a larva e o mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti. Os números crescentes de registros de casos de dengue em todo o Brasil, comprovam a necessidade de um combate rápido e eficaz ao mosquito. Os casos dessa epidemia que assola o País, de Norte a Sul, mostram que a conscientização da população é fundamental.
PESQUISA - O pesquisador e engenheiro agrônomo Reinaldo José Rodella, em 2003, no município de Piracicaba, interior de São Paulo, realizou com a sua equipe, uma série de pesquisas utilizando o vinagre diluído na água, onde as larvas dos mosquitos estão depositadas.
Rodella relatou as suas experiências de forma precisa, produzindo um vasto material técnico, descrevendo através de ensaios estatísticos variados a eficiência do vinagre para a eliminação das larvas do Aedes. O pesquisador explica que usou-se vinagre diluído em água, em concentrações variadas, a fim de se testar o efeito do ácido acético, contido no vinagre, sobre as larvas do mosquito. "Os resultados indicaram que a partir de 5% de vinagre na água, todas as concentrações testadas foram letais para as larvas, constantando-se ainda um efeito residual de oito dias". explica o pesquisador.
USO DO VINAGRE - Na prática, Rodella resume como se pode acabar com as larvas do mosquito da dengue: uma colher de sopa de vinagre jogada na água, depositada em vasos, panelas, pneus, garrafas ou outros locais de proliferação, em três ou quatro horas, provoca a erradicação completa das larvas.
O pesquisador frisa que o vinagre é um produto de baixíssimo custo (no mercado em embalagem de 750 ml pode ser encontrado em torno de R$ 1,00 a R$ 2,00) e sem nenhuma contra-indicação de nocividade à população.
ELIMINAÇÃO DAS LARVAS - A explicação para a eficiência do ácido acético na eliminação dfas larvas também é bem simples: as larvas do Aedes alimentam-se de bactérias, fungos, protozoários, detritos orgânicos animais ou vegetais, além de sais minerais e outras substâncias presentes na água. Tais alimentos são atraídos para a abertura oral da larva, graças aos movimentos das escovas ali implantadas e assim formam-se correntes aquáticas que arrastam as várias partículas para o orifício bucal e daí ao tubo digestivo. Não existe nenhuma evidência da existência de qualquer processo seletivo de alimentos. Dessa forma, o vinagre diluído na água confere ao ambiente aquático um caráter ácido, provocando no trato digestivo da larva danos, que levam à sua eliminação. Essa ação do vinagre independe dos estágios da larva do mosquito.


CAMPANHA - Na sua campanha de divulgação a Anav explica que o vinagre, produto bastante popular e barato é produzido em todo o País e portanto pode se tornar a solução mais eficiente para eliminação das larvas do mosquito causador da dengue. O segmento das indústrias de vinagre, que congrega cerca de 30 empresas distribuídas em todo o Brasil, responde por uma produção anual em torno de 175 milhões de litros do produto para uso doméstico. A Anav afirma que o setor está preparado para atender uma demanda maior do mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário