Delegado é morto a tiros durante tentativa de assalto em Fortaleza

O delegado Audízio Ferreira Santiago Pinheiro de 55 anos foi assassinado na manhã desta terça-feira (15), durante uma tentativa de assalto no Bairro Maraponga, em Fortaleza. Segundo o comandante de Policiamento da Capital, coronel Francisco Souto, o delegado que trabalhava na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), estava acompanhado de familiares, na Rua Noruega, quando foi abordado por um casal em uma moto.
A polícia apurou com testemunhas que o policial não esboçou nenhuma reação. Uma pessoa que estava ao lado do delegado fugiu e a dupla efetuou vários tiros. Audízio foi atingido no olho esquerdo e morreu no local. Equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Comando Tático Motorizado (Cotam) realizam buscas com objetivo de prender os suspeitos.
FONTE : G1
Violência contra policiais
Vinte e seis policiais morreram somente neste ano no Ceará, segundo levantamento feito pelo G1, com base em ocorrências e registros de associações e sindicatos dos agentes de segurança pública do estado. Em uma semana foram três casos.
Na sexta-feira (11), um policial militar reformado foi assassinado no Bairro Parque Leblon, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a polícia, o corpo de Carlos Alberto Ribeiro Gomes foi encontrado com marcas de tiros e pedradas. O corpo estava dentro de um carro.
Já no domingo (6), um policial rodoviário aposentado foi morto em casa durante uma tentativa de assalto no Bairro Jangurussu, em Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Leomar Saraiva de Aquino, de 73 anos, foi baleado com um tiro na cabeça e não resistiu. Duas pessoas foram presas suspeitas do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário