18 outubro 2016

Ex-parceiro de ET, Rodolfo trabalha na roça.


Rodolfo Carlos de Almeida durante reportagem no Domingo Show, da Record, em 2014 - Divulgação
Sem emprego na TV há mais de um ano, Rodolfo Carlos de Almeida pegou na enxada e foi para a roça. Literalmente. Duas vezes por semana, ele trabalha com um amigo no cultivo de hortaliças orgânicas em uma chácara na Grande São Paulo. Ex-parceiro de Cláudio Chirinian, o ET, o repórter de Ratinho e Gugu coloca todas as esperanças de um futuro melhor em uma indenização milionária que reclama do SBT, onde trabalhou durante 12 anos.

O trabalho na lavoura, além de gerar um "salário incentivo" e duas cestas de alimentos orgânicos por semana, serve como terapia e válvula de escape para a mágoa que ainda nutre pela emissora de Silvio Santos. "Estou trabalhando com a terra, pegando na enxada com orgulho. O SBT me mandou para a roça e eu gostei.
 Doente (ele diz ter depressão), com o pai sofrendo de câncer, Rodolfo confessa estar "desesperado" para por a mão na indenização trabalhista. "A minha saúde  ruim,  morrendo de tristeza. Meu pai está vencendo um câncer e temos poucas condições financeiras. Estou desesperado. Minha vontade é de me acorrentar na frente do SBT para protestar e chamar a atenção de Silvio Santos", diz.

Original: http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/ex-parceiro-de-et-rodolfo-trabalha-na-roca-estou-morrendo-de-tristeza--12895#ixzz4NQdkSR9L 
Follow us: @danielkastro on Twitter | noticiasdatvoficial on Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

MAIS LIDA

Postagens populares