'Grito dos excluídos' em Fortaleza vira ato contra Michel Temer

Manifestantes fizeram ato nas ruas do Jangurussu, na periferia de Fortaleza.
Organizadores estimam cerca de mil pessoas participantes do protesto.

Gritos dos Excluídos vira ato contra Michel Temer em Fortaleza  (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
O ato "Grito dos excluídos", que ocorre anualmente no 7 de Setembro para reivindicar benefícios à população do campo e aos sem terra, se tornou em 2016 um ato contra o presidente Michel Temer na manhã desta quarta-feira em Fortaleza. 

Os participantes, cerca de mil pessoas, segundo os organizadores, se concentraram na Avenida Perimetral, no Bairro Jangurussu, periferia de Fortaleza, e caminharam pelas ruas e avenidas do bairro. A Polícia Militar não divulgou estimativa de público.

Os manifestantes, que reivindicam a reforma agrária, marcharam com cartazes contra o presidente Michel Temer e reivindicam novas eleições

Além do protesto, o ato trabalhou neste ano com o tema "Vida em primeiro lugar", uma referência ao discurso do papa Francisco durante encontro mundial de movimentos populares ocorrido em 2015, na Bolívia.
FONTE : G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário