3 cidades cearenses possuem mais eleitores que habitantes

De acordo com levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo, 352 municípios brasileiros possuem mais eleitores que habitantes, como informa a reportagem da Rede Jangadeiro FM.
No Ceará, três cidades participam desse ranking. O problema, de acordo com analistas políticos, é que a maioria desses eleitores, “só aparece para votar”. Eles não acompanham a vida política da cidade, nem fiscalizam o trabalho dos governantes.
Guaramiranga, no Maciço de Baturité, General Sampaio, no Sertão Central, e Granjeiro, no Cariri, estão nessa situação. De acordo com o consultor político Aurízio Freitas, muitas pessoas utilizam o dia de votar apenas como um feriado, para visitar parentes e amigos no interior.
FONTE : TRIBUNA DO CEARÁ
“Essas pessoas que moram em Fortaleza por exemplo e vão votar na sua cidade do interior viajam na sexta-feira, é um programa de festa. Elas procuram se inteirar e participar das últimas atividades e ver em quem vão votar. Normalmente os parentes que moram lá falam e influenciam para os quem moram fora da cidade”.
As projeções populacionais do IBGE este ano apontam a cidade de Granjeiro com 4.459 habitantes, enquanto possui 4.870 eleitores, 411 pessoas a mais. 
Por outro lado, Aurízio Freitas acredita que existem pessoas que acompanham de longe o desenvolvimento da cidade, por meio do contato com os familiares que moram no local.  “Normalmente, as pessoas que moram fora da cidade mantém um vínculo para tentar saber o cotidiano político”, reitera.
As projeções populacionais do IBGE este ano apontam a cidade de Granjeiro com 4.459 habitantes, enquanto possui 4.870 eleitores, 411 pessoas a mais. No município de General Sampaio são 6.845 habitantes e 7.500 eleitores e na cidade de Guaramiranga são 3.632 habitantes e 5.728 eleitores, 2.096 pessoas a mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário