27 outubro 2015

Quanto custa investir em transporte limpo ?

Toda despesa efetuada com a construção de algo tem como objetivo oferecer algum benefício, certo? Bem, não é o que parece acontecer na contabilidade de contas públicas quando o assunto é transporte, saúde, educação e segurança. Os setores mais importantes que contribuem para uma melhor qualidade de vida da sociedade sempre estão esquecidos pelos gestores públicos no Brasil e por que será, hein? Isto não é nosso objetivo aqui, mas certamente somos afetados no nosso modo de viver pela simples falta de seriedade na administração do dinheiro público que é meu, seu e de todos. Enquanto estamos acompanhando aumentos sucessivos de verbas destinadas à construção de ciclovias nos Países Baixos, grande parte da Europa e até de nossos vizinhos sul-americanos, nossa realidade brasileira se mostra tímida e lerda. Não podemos concordar com arremedos de projetos sobre mobilidade que não encarem a bicicleta como alternativa modal de investimento futurista com benefícios que passam pela economia de combustíveis, preservação ambiental e, como saldo principal, a saúde da população. Os benefícios trazidos nesta área de transporte são incomensuráveis quando comparamos com projetos caríssimos de construção de mega-viadutos, ampliação de rodovias, desapropriação e de outras medidas paliativas para o trânsito que, na realidade, são absolutamente paliativas de desafogo. Alguns países gastam com a guerra militar ou do transito, outros com a paz. Não é muito difícil determinar o lado em que está nossa administração pública, basta dar uma olhadela através de nossa janela.




FONTE : BICICLETA EM LEITURAS & MAURO PENTECOSTE O CICLISTA MISSIONÁRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

MAIS LIDA

Postagens populares